Território Candeal 2014

O Território Candeal 2014 e o Projeto de Turismo Afro do Candeal tem o objetivo de estimular o desenvolvimento sustentável na comunidade, potencializando e dinamizando a economia local, através do turismo e da consolidação de lideranças comunitárias existentes. Surge a partir da rede de parcerias entre a Associação Pracatum Ação Social com outras três associações do bairro – Lactomia, Defesa e Progresso e a 09 de Outubro.

Para a implantação do projeto realizamos diagnósticos sociais e outros levantamentos, no bairro do Candeal e em seu entorno, para formular ações que estimulem o turismo, colaborando com o desenvolvimento territorial e cultural da comunidade. Sendo assim, o bairro foi estimulado para a promoção de seus atrativos e o fortalecimento de estratégias que favoreçam o turismo comunitário, como adequação de espaços para hospedagem (cama&café), criação da residência artística e do Museu a Céu Aberto que propõe incorporar ao espaço os símbolos da comunidade. Além dessas ações a comunidade também tem se capacitado para receber bem os turistas que escolherão o bairro para estadia.

Em 2012, foi assinado no bairro do Candeal o termo de cooperação técnica entre a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento – AECID, a Prefeitura Municipal de Salvador, o Senac, o Sebrae, e uma rede de parceiros públicos, com o objetivo de fortalecer essas ações e as políticas públicas para capacitações técnicas dos moradores da comunidade.

As ações foram desenvolvidas com base nos três eixos:

Eixo 1 – Produtos e Mercado: Estudo da competitividade turística, cadastramento de empreendimentos e pesquisa situacional, cadastramento dos artesãos e produtores musicais, pesquisa de perfil do visitante do território.

Eixo 2 – Consultorias: análise de competitividade turística, plano de ação para melhoria das empresas e empreendimentos, identificação dos pontos de visitação turística e reuniões com grupos de governanças locais.

Eixo 3 – Capacitação: seminários, atendimentos individualizados, encontros e cursos nas áreas de controle financeiro, formação de preço, atendimentos ao cliente, elaboração de projetos culturais, dentre outros.

A partir de mapeamentos e análises dos empreendimentos no bairro, foram identificados:

Para implementarmos esse projeto de maneira sólida, foi realizado no Candeal uma análise das 13 Dimensões de Competitividade Turística, definidas pelo Ministério do Turismo, Sebrae Nacional e Fundação Getúlio Vargas. Esse estudo possibilitou identificar, para cada Dimensão de Competitividade, pontos fortes e fracos, pontuar cada uma e gerar um índice de competitividade do território. O resultado dessa análise aponta três diferenciais e potencialidades do bairro: a cultura, especialmente a música, o turismo, pela história do lugar, o desenvolvimento social, impulsionado pelas organizações sociais e comunitárias.